Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Tristeza em mim...


Tive uma companheira
que criou uma amizade
sempre leal;
foi sumindo e deixou
vir até mim
essa tristeza que sufoca
limita  e agoniza.

Olho e volto a olhar
para o que  me rodeia;
vejo o que não quero ver
e tento ignorar o que sinto!
Mas não suporto
e quero muito viver
como mensageiro do amor
em vez de existir!

Acredito e tenho esperança
que essa Amiga (alegria)
ficará em mim
a todo o instante da Vida!

José Manuel Brazão

* Existem momentos assim na vida do homem e do poeta. *

3 comentários:

Lu Nogfer disse...

É verdade querido.Existem momentos assim na vida do poeta mas a amiga(alegria)certamente voltara!

Abraços!

Celina Vasques disse...

Na verdade querido poeta estás apaixonado faz tempo, e essa ausência é que te faz triste. Luta pelo teus sentires, corre atrás de tua felicidade, se bem que quanto mais triste ficas teus versos ficam cada vez mais profundos e belos!
ZéPoeta, nada nesta vida é impossivel, tudo é possivel. E, antes que eu me esqueça estás muito bonito nesta foto que ilustra teu poema!
beijos ternos!

Sueli Rodrigues disse...

Muito linda essa declaração de amor em versos...
está mais romântico que nunca.
Su