Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Da tua janela olhas esse mar...


Todas as manhãs
abres a janela da nossa Vida,
olhas esse mar e recordas
esta Lisboa que eu amo,
desejando abraçares as ondas,
que te tragam até mim
e aqui reconquistarmos
na memória do tempo
os momentos felizes
vividos e perpetuados!

José Manuel Brazão



e esperança em cada verso meu amigo
abraço bem grande Nina

Beatriz Prestes 
Zé meu amigo!!!
Que LINDO E INSPIRADO!!
Repleto de presença almejada! Uma maravilha em versos!
Beijo Bea

- versos em dissipações de ondas oceânicas, um poema feito uma imagem na tela, pinceladamente, por mãos lusitana, a Europa se fazendo presente numa interação diplomática, através da poesia.  Viva a democracia da poesia. Mário Bróis

Sem comentários: