Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Ah... eu ainda sou assim...


Ah ... eu sou assim!
Às vezes alma
Às vezes corpo
Lúcida e louca
Certinha ou destrambelhada

Ah ... eu sou!
Um rio de lágrimas
Ou uma intensa gargalhada
Sou vida formigando nas veias
Sou a maior hóspede do precipício...
Sou silêncio absoluto
Ou falo pelos cotovelos

Eu sou essa mulher sem sentido
Cheia de nós
Mas tenho um coração
que não para de pulsar
e exteriorizar sentimentos

Porque são tantos
que não cabe guardá-los
Só pra mim,
aqui dentro do peito ...

regina ragazzi

Sem comentários: