Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 13 de novembro de 2012

O berço dos beijos


Caem as imagens da lua
no berço dos beijos húmidos
onde os corpos se demoram
num apego transpirado...

Lençóis de seda
os corpos esgotam-se
sem medo
em elos unos
...a quebrar o silêncio
os aís do momento
alimentam o êxtase
com a emoção presa
nos dedos travessos...

Um mar (in)quieto a banhar o amarelo
de girassóis a ondularem ao vento...

Tudo flui nos corpos
libertos do pensamento
inebriados de sentidos
a pulsarem ferozmente
no peito quente!
Amor! 

Ana Coelho

1 comentário: