Outros Blogs do meu grupo:

sábado, 10 de novembro de 2012

Apenas eu aqui... Sozinha!


Que me importa os segredos pequeninos
Do teu corpo
Onde mergulhei sem temor de afogar-me
E sofrer esta dor... Infinita?

Que me importa agora
Os murmúrios fulgentes desta
Saudade... Sempre, se
Agora estais ausentes de mim?

Desnudo-me das sombras enegrecidas
 me visto do brilho do sol na quietude
Dessas águas límpidas
Chamejando em céus azuis...

Perco-me na imensidão do desfrutar
Das ondas deste mar que um dia
Falei que era teu... Que eras meu?

Que me importa os sonhos de ontem...
Tu eras a minha alma... Enfim...
Pra ti vivo escrevendo e nunca
Sendo lida... 

O amor vive em mim
Somente eu sou quem estou triste...
te procuro, mas não te encontro...
apenas eu aqui... Sozinha...
  
celina vasques

Sem comentários: