Outros Blogs do meu grupo:

sábado, 3 de março de 2012

No domínio do teu sabor

Nos sonhos ateados
os desejos foram estados.
Nas palavras inquietas
as frases foram almas desertas.
Os poemas murmurados
pelos corpos declamados.

Nos cheiros, no calor
no domínio do teu sabor.
Na voz de cada momento
... eu e tu somos sentimento.

As mãos dadas
no amanhecer encontradas.
Os corpos entrelaçados
pelo prazer da noite, cansados.
O raiar dos sorrisos
nos toques apetecidos.

Nos beijos, no amor
no domínio do teu sabor.
No entender da cada momento
eu e tu somos vento.

Vanda Paz

Sem comentários: