Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 19 de março de 2012

Poesia varal

É assim:
a poesia passa, eu estendo as mãos
e neste varal vou deslizando até você
Te encontro há minutos de ter descido ao chão
Com um sorriso mútuo, teus acenos a corresponder
Aproximo-me e percebo ter zelado o meu lugar
Isso me alegra. - É tão bom de novo estar!
Puxo a cadeira. O garçom quer os pedidos
um café e um suco, - conectando infindos.
E debruçado em seus papeis, lápis ao dorso
uma questão salta de seus olhos em um gesto de gosto:
- E aí, como você está hoje?

É assim:
o varal da poesia vai deslizando pessoas a destinos de capítulos de livros.
É tão bom que você esteja em tantas partes desta história!
É tão bom que me pergunte como vai minha trajetória!

Jacqueline Collodo Gomes


"É importante para o grão de trigo se o agricultor se interessar em verificar o seu crescimento".

JAC
Adorei este final!
Beijoo do ZÉ
"É importante para o grão de trigo se o agricultor se interessar em verificar o seu crescimento".


Sem comentários: