Outros Blogs do meu grupo:

domingo, 19 de junho de 2011

Amor de cristal



O céu está estrelado,
A lua chama o teu…
O meu nome, clama!


Não aguentado mais a espera,
Que se vive e que se alberga nesta quimera,
Avanço para ti, segurando nas mãos o meu Cristal,
Ofereço de prenda para te consolar as incertezas,
Em que me demoro em minhas fortalezas.


Crendo na mais Pura verdade deste Ideal,
Que me esventra e faz-me teu Diamante especial,
Nesta ânsia, nesta dança que combate…
Que empurra e no final grita Amor!
Que faz doer, com a chama e com o calor!


Hoje o meu Cristal está num tom escarlate,
E a Fénix que pula na minha janela, bate!
Para me levar até a ti!
Outrora fugi, aconcheguei-me nos lençóis e morri,
Mas agora Voo entre chamas carregando o meu Rubi!


Entro pela tua janela,
Sento-me ao teu lado,
Ainda não estás a dormir…

Marlene

Sem comentários: