Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Lua

Na cálida noite
Gulosa é a Lua



Pela saudade perversa
Quando o vento tropeça


E a deixa assim… só e nua!
Vanda Paz

Sem comentários: