Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 7 de junho de 2011

Amor sem fim


Longe de ti não quero ficar
longe do teu amor não sei viver
A distancia de nossos olhos
É mar a nos separar

Nas palavras com tantas saudades
em beijos imaginários
e abraços sem fim

Longe de ti hoje não mais
Esse amor sem fim, sem barreiras
sem limites, sem fronteiras...
Somos as letras e elas nos são!

Anna Carvalho


[....]

Sinto tristeza
e amargura
nas tuas palavras
vividas e escritas!

Procuro o teu alívio
com o carinho
e a ternura das minhas,
que são sentidas também
por alguém
que viveu amargos de boca,
desilusões,
desenganos,
que sonhou uma vida
e quando despertou,
conheceu a palavra
destino!

Até então
caminhava
por caminhar,
mas sem saber
que era o seu destino!

Hoje
mais seguro de si,
não pode apagar
o passado vivido
e começará um novo fim
com tudo o que foi
lição de vida!

E agora
perante ti
estas são
as palavras que te deixo!

José Manuel Brazão

Sem comentários: