Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Deixo o tempo...

Deixo o tempo
esquecer as mágoas que vivi,
os desenlaces que superei,
as lutas que travei.

Deixo o tempo
lembrar as alegrias que vivi,
as tristezas que superei
e este amor que sempre viverei!

Deixo o tempo
fazer-me acreditar
em tudo o que não vejo,
mas sinto...

José Manuel Brazão

Deixa o Tempo apenas e crê no que não se vê; mas se sente!
Anna Carvalho

Sem comentários: