Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Eu te vi escrevendo poemas dedicados a mim


Eu te vi escrevendo poemas dedicados a mim
Captando o mesmo sorriso da noite anterior
Quis correr e roubar teus escritos, senti-los
ou esperar o momento oportuno de descobrir, sem favor

Eu te vi, silhueta e poetrix que completa a minha existência
Teus suspiros de homem, fiel permanência
E queria estar no lugar do papel à abrigar a mão firme
Ter acesso aos teus declives mais íngremes...
E o meu nome escrito pelo ouro de tua alma!
Palavras do misto de contos assistindo tal pauta.

Jacqueline Collodo Gomes

1 comentário:

Sueli Rodrigues disse...

Amei essa poesia... entrei num mundo de imaginação muito fértil... e me vi na poesia escrevendo poemas pra alguém...
Sensacional!
Su