Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Convite de pele: façamos amor...


Deixa-me provar da tua boca o doce amor,
sorver das tuas palavras ternas em meus lábios,
saciar a fome de meu corpo em teu sexo;
deixa-me vestir inteira em teu corpo..

Deixa-me assim, provar desse prazer em ti,
verter os suores dessa saudade, lavar a alma!
Queira beber de minha boca os gemidos,
com a lingua em minha pele provar os arrepios...

Vem saciar a saudade de teu corpo em mim,
propagar esse nosso amor em lençóis de cetim.
Meia luz em nosso quarto, a música que preferir...
Façamos amor de pele,  alimente o meu prazer em ti!

Anna Carvalho

[....]

Nosso pensamento
vive em constante
saudade
sem explicação
para uma ansiedade
 no coração pulsante
sentindo o cheiro dos corpos,
faltando o toque
desse amor de pele
em nossos corpos deslizantes!

José Manuel Brazão

http://www.youtube.com/watch?v=CKT77CNGgxM



may lu disse...
Bom dia! Lindo poema,"Nosso pensamento
vive em constante
saudade
sem explicação"... muito real esse verso, as vezes temos saudades de lugares, coisas que nunca tivemos e nem sabemos onde estão. Beijão enorme!

1 comentário:

may lu disse...

Bom dia! Lindo poema,"Nosso pensamento
vive em constante
saudade
sem explicação"... muito real esse verso, as vezes temos saudades de lugares, coisas que nunca tivemos e nem sabemos onde estão. Beijão enorme!