Outros Blogs do meu grupo:

domingo, 24 de junho de 2012

Nevoeiro


Era tão verde a montanha antes do nevoeiro...

E a casa construída ao seu pé, como era bela!
Em volta um jardim de tantas cores
Eu a conseguia avistar da minha janela

Ficava ali perdida no tempo
Imaginando quão deliciosos perfumes
Exalavam aquelas flores
E dentro da casa se viveram quantos amores?

Tão denso nevoeiro!
Encobriu-me a paisagem
Tirou-me dos olhos a imagem
Privou-me de tantos devaneios...

Manhã triste e sem-graça!
Ainda há de vir o sol encher-te de encantos
E desfazer essa nuvem  de fumaça
Que ofusca a beleza em meus olhos
E me faz cair em prantos...

regina ragazzi

Sem comentários: