Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Poeta


Trazes a poesia enraizada
em terra de palavras,
regada de sentimentos
e ansiosa de musas inspiradoras
que te alimentam o ego
e te fazem forte como árvore
que não verga com os ventos.

Mas as lágrimas
são a poção mágica
de tudo o que é mais belo.

E o sorriso
o barco que te leva
o poema à volta do mundo.

Vanda Paz



[....]

Vives, escreves,
usas as palavras,
sempre,
sempre com o coração!
Mulher de paixão,
sonhas a vida,
com magia, alegria,
sempre com o coração!
Amas
o som dos pássaros,
amas
o som do mar,
envolves-te com as ondas,
abraça-las com amor.
Amas
o horizonte,
as pessoas …
Acaba o sonho!
Vem a ilusão …
Viverás
sempre com o coração;
coração poeta …

José Manuel Brazão






* A única dupla de poemas em que 
apareço com Vanda Paz até ao presente *

1 comentário:

Catia Bosso disse...

Ei Brazão!

Adorei essa dupla de poema. Muito bom!

bj