Outros Blogs do meu grupo:

sábado, 21 de maio de 2011

Ladeira


Já não sou a noiva
que desceu a ladeira,
sou a mãe e a mulher
a atarefada,
a amiga que te olha
com admiração.
O calor que se enrosca
à noite na cama,
serões de sorrisos
clamando emoções.
Televisões acesas
conversas, labutas
a escola os miúdos
os patrões e as razões
Em dias de chuva
algum vendaval.
Vindo o calor
procuramos a praia
Destruímos cansaços.
construímos castelos.


Miramos os luares
que me deixas sempre
tão belos.

Cristina Moita

Sem comentários: