Outros Blogs do meu grupo:

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Destino em flor


Flor formosa vaidosa e amorosa
Que em terras exatas transforma-se 
Desabrocha de tão bem cultivada
Flor de vários formosos nomes
Como se fosse desde sempre...esse
Que não me canso de ouvir quando sussurrado
Cresce minha alma quando fecho meus olhos 
Resgato a essência do que sempre fui
E me ergo em face e  sorriso 
Para profundamente respirar 
Injetar vida ao meu espírito
Sair sem rumo certo
Simplesmente sair por aí
Quem sabe encontrar meu caminho reto
De dedicar meus dias, meus sonhos e versos
E ser cuidada com o esmero que mereço
E claro...espero!
Povoar de belezas singelas
Minhas manhãs chovosas ou de sol
Com todas as janelas bem abertas
Sentindo respingos, ou dourando a pele
Aquecendo todos os sentidos
Em um dia, e mais outro...imensidão
Com cada coisa em seu lindo lugar
Muitos recantos com arte
Paredes para apreciar
Isso é predestinação abençoada
Paz bem no meio da alma e da cidade
Desfrutando o tempo que se apresenta inteiro
E enfim se esqueceu de mim
Simplesmente me deixou existir
Agora vou viajando no barco da vida
Como que no embalo das marolas
E do porto, de onde hoje parto
Espero uma hora destas aportar
Buscando chão firme e bonito para pisar
Lugar que quero conhecer, desvendar, desfrutar
Para onde eu tenha sempre vontade de ficar
Para onde eu queira sempre voltar.

Beatriz Prestes
em participação especial


Sem comentários: