Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Além do olhar...


Olhe nos meus olhos, diga o que vê?
Se disser que vês a menina-íris, te direi:
-Pouco vê!
Então te pedirei que olhe além das cores,
por cima do globo, além pupila...
Então te pergunto; o que vê?

Se ainda nada vires, revelarei o segredo;
tenho vida e sonhos dentro do peito...
Há por dentro da casca a poeta mulher
que exala em flor as letras sonhadas,
no fundo de mim há as marcas da vida,
as dores sentidas, as lágrimas contidas

Quando olhar em olhares, olhe além...
Verá que a menina-íris é enfeite ao deleite,
detrás das pupilas há histórias vividas,
há o passado no silêncio do olhar.
Aprenderá que a idade do corpo
é de acordo com as chagas da alma...

São os meus as janelas abertas da alma,
há resto de sonhos guardados além das cores,
que vibram fazendo letras, colorindo dores
Tanto falam os olhos sem dizer...
Agora te peço: Olhe além de meus olhos...
Aquela menina, ainda consegues ver?

Anna Carvalho


Sem comentários: