Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Um adeus até ao infinito


Nunca pensei em escrever
a palavra adeus!
Palavra de dor e sofrimento,
muito mais quando injustiçado,
sem saber o porquê?
Silêncio não é resposta!
Apenas um grito de Alma!

Mas nossas almas
já não estão
em sintonia ou fusão!

Resta o tempo nesta Vida
até se encontrarem no Infinito!

José Manuel Brazão

Um beijo 
para ti e Isac







Sem comentários: