Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Oásis

No deserto dos meus lábios
Penso-te
Como oásis inquieto
Onde a frescura domina os teus
E mata-me a sede de ti.


Vanda Paz

1 comentário:

Su Simon disse...

Nossa! Sensacional a sensação sentida nesses versos!
Linda sua homenagem à Vanda Paz, Zé
Bjo