Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 1 de março de 2013

Um canto triste


Canta o pássaro num choro entristecido
Na madrugada solitária ele chora
Agora sabe que estará sempre sozinho
Sem o canto alegre que cantava outrora

Seu canto agora é apenas um gemido
É um lamento de saudade e dor
Enfim o pássaro se sentiu vencido
Quando suas próprias asas  arrancou

regina ragazzi

1 comentário:

amai disse...

muito bonito,como um passaro solitario sem asas vou levando a vida.