Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Amo-te

Amo-te na tua essência.

Das palavras francas.
Forte na luta pela vida.
Fragilidade diante da rejeição.
Sinceridade da entrega.
Desejo de amar e ser amado.


No outono rigoroso te  encontrei,
me deu calor nos dia frios.
Cobriu de flôres minha primavera.
Vivemos todos os dias como num sonho.
Abro meu coração e deixo fluir os mais puros sentimentos
que alimentam e acalmam minha alma sofrida.
Nos seus braços me entrego sou mulher.

Vivo assim com sorriso nos labios,
olhar apaixonado.
Me perguntas até quando.
Não sei.
Vamos viver esse amor,
um dia de cada vez.


Dirce Maria
participação especial

1 comentário:

dirce maria Silva disse...

A vida nós ensina que amar é muito simples basta ouvir o coração.Obrigado meu amigo José Manuel Brazão, sinto-me honrada em ver meu poema publicado no seu blog.
Abraços. Dirce Maria.