Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Miragem

VOLTO LOGO

Uma tristeza dominou meu coração
Ficou apertado, tanto, tanto...
Quando li: "Volto logo"...

Caminhei na areia,
e olhei para o horizonte
e aquelas palavras ecoavam
de todos os cantos:
                     Volto logo!
Volto logo!
                                   Volto logo!
                   Volto logo!

Não voltou...

Mergulhei no mar,
vasculhei o fundo do oceano,
perguntei aos peixes...
nem sinal...

À noite, olhei para o céu,
e vi uma miragem...
pensei que fosse você
voltando
pendurado na ponta de uma estrela.

E na lua, a imagem refletida...
Você montado num cavalo alado...
brincando de super herói.
Ah! Que miragem...

Tola!
Aquele "volto logo",
era só um sinal
do mais delicado Adeus!

Eu lia
"Volto logo"
E entendia
"Adeus, Adeus, Adeus..."

Su Simon


2 comentários:

Ana Bailune disse...

Lindo poema de uma de minhas blogueiras favoritas. Bom dia, José!

dirce maria Silva disse...

Esse poema cabe na minha historia,
um dia ele me disse volto logo,meu coração sabia que era um adeus,eu não queria acreditar,o tempo voou,sim foi e não voltou.