Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Sublimação

Dou-te o azul que não tenho
Dás-me o verde que não tens
Meus olhos impuros
Por tuas negras asas
Teu silêncio causticante
Minhas ríspidas palavras
Joguemos tudo de comer aos leões
Benzemo-nos
Meus olhos se pregam nos teus
E o que vejo me enternece
Tua palavra entra pela minha boca
E adoca minha língua
Tuas asas levam-me
Atravessamos o tempo
Perdemo-nos
Encontramo-nos
No infinito... Inspiração...


regina ragazzi

Sem comentários: