Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Sopro de vento

E num sopro de vento
Eis a magia do momento
Tão suave! Tão intenso!
Trouxe de volta o mistério
das tempestades mansas
ou tempestuosas...
Acalmando o riso
Acalentando o corpo
e  faz flutuar
Ah! Madrugadas que te sonhei!
Com olhos de coruja vasculhei
Noites e noites a procura
deste mistério:
Você!


Su Simon

Sem comentários: